" placeholder="Header Code"> " placeholder="Header Code"> " placeholder="Header Code"> " placeholder="Header Code"> " placeholder="Header Code">
O Método do Sr. Miyagi

O Método do Sr. Miyagi - Saiba por que o seu hobby irá te ajudar a passar no Vestibular

Há alguns anos me deparei com um texto sobre “O método do Sr. Miyagi”. Aquele mesmo, do Karatê Kid. Quem assistiu algum dos filmes da franquia conhece seus métodos não ortodoxos de ensinar karatê. Para quem não assistiu, aqui vai um resumo: seu discípulo, Daniel-Sam dedicou horas a atividades como pintar cercas, encerar carros e aparar bonsais, até que, contrariando qualquer expectativa, se deu conta de que havia aprendido a lutar karatê. Movido pela curiosidade – e por um certo fanatismo – decidi ler o texto.

 

O Método do Sr. Myiagi - Saiba por que o seu hobby irá te ajudar a passar.

 

A ideia é bem simples: ao desenvolver qualquer atividade você adquire habilidades relacionadas especificamente a essa atividade, mas ao mesmo tempo adquire habilidades que podem ser utilizadas em outras esferas da vida. Por exemplo, ao praticar uma arte marcial você aprende uma série de golpes e técnicas, que não têm - ou não deveriam ter -  muita utilidade fora do tatame, mas também aprende a respeitar os colegas de treino, desenvolve condicionamento físico, aprende a lidar com situações de pressão, entre outras coisas.

Mas como isso se relaciona com o vestibular? A maioria das pessoas crê que o único fator para ser aprovado com sucesso no vestibular é saber as matérias, mas será que isso é verdade? Todos conhecemos ou já ouvimos falar de alguma pessoa que é um verdadeiro leão de treino: capaz de resolver os exercícios mais difíceis durante as aulas e os simulados, mas incapaz de manter o mesmo desempenho no momento do vestibular.

Isso acontece porque, na verdade, o vestibular exige muito mais do que simplesmente saber a matéria. Antes de tudo trata-se de uma prova de resistência física, afinal são horas sentado em uma cadeira e, se não bastasse, ainda é preciso se manter concentrado durante todo esse tempo. Também existe o fator psicológico, já que a pressão é imensa e o que está em jogo é um ano inteiro de esforço e dedicação. Finalmente, existe o fator tempo. Afinal, não adianta ser capaz de resolver todas as questões da prova se isso levar 12 horas.

Sendo assim, é muito importante – e saudável – fazer algo além da escola ou cursinho durante o ano de vestibular. Além dos aspectos listados nos parágrafos acima, ter um hobby ajuda a relaxar, fazendo com que o aprendizado seja maior durante os momentos de estudo. A chave é o equilíbrio entre estudo e lazer!

E você? Que outras habilidades você considera importantes para passar no vestibular? Que atividades além da escola/cursinho você pratica?

 

Curso pré Vestibular Personalizado em São Paulo é com o Personal Vestibulares